» ÁREA DE TESTES

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Convidado em Qua Ago 03, 2016 11:48 am
TEST AREA
Tópico destinado ao teste de templates, avatares, code signs e etc...


ConvidadoConvidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Queen em Dom Maio 28, 2017 2:47 pm
Zariah Nooreen Elisha El-Khalidah,

Turno Demonstrativo,


Zariah Nooreen Elisha El-Khalidah. Esse, era seu nome. Para muitos, apenas uma riquinha mimada. Para a imprensa, os motivos da herdeira do maior império midiático, com empresas​ de publicidade, revistas, agências de modas e talentos, a Yekrin Communications & Multimidia, ir para os Estados Unidos, foi divulgado que era para fazer faculdade em Nova Orleans. Não que isso fosse mentira, claro que a morena tinha outros motivos. Mas não poderia os divulgar. Sua família era equivalente aos Kardashian do Oriente, todos na mídia e desde sempre em red carpets, premiações, e coisas do gênero, enquanto que na comunidade Sobrenatural, eram uma das famílias mais respeitadas de bruxos e conseguir uma audiência com um El-Khalidah, ou mesmo relacionar com um, era um privilégio para pouquíssimos.

Pelas ruas do French Quarter, a morena andava com um olhar curioso, já que era sua primeira vez em Nova Orleans, porém ela sabia dos acontecimentos da cidade. Qualquer um que querem um que queira um favor da maior família bruxa árabe, fala. Afinal, um favor deles, era como um favor do próprio Elijah Mikaelson, o mais honrado original. Palavra dita, era palavra cumprida. A família sempre mantinha sua palavra. Tudo que era acordado, era cumprido. E aquilo trazia um orgulho para Zariah, mas se lembrou do maior erro de sua família. Firmar um acordo com Kol Mikaelson. Aquilo lhe trazia vergonha e de um jeito ou de outro, se livraria dele, mesmo que se matasse no processo. Já tinha instruído todas as mulheres da família a fazer ligação das trompas mas não sem congelar óvulos antes, pois não queria mais nenhum El-Khalidah que pudesse ser procurado pelo o Mikaelson e seguir com o tormento de não poder o matar. No dia em que perdeu a virgindade, fez o procedimento de ligação e o congelamento, com o médico da família.

Aquele tormento, tinha de ter fim. Sua linhagem familiar poderia se extinguir, mas se ela conseguisse matar o Mikaelson antes, os óvulos congelados das mulheres El-Khalidah poderiam dar seguimento a linhagem. Toda mulher, mesmo as que querem ser mães são obrigadas, pois a bruxa demônio ocupava o posto mais alto na hierarquia da família. Ela liderava a família e desacatar a lider, era punível com morte, pois desobediência e descumprir acordos, era intolerável e a família era extremamente extremista com esse tipo de insubordinação, afinal tinham um nome a zelar. A bruxa chegou ao Rousseau’s e assim que entrou, flashes de celulares tiravam fotos suas e ela sorria, acenava, e logo se sentou. Pediu a dose mais forte de whisky e fechou os olhos.

Começou a recitar um feitiço para que pudesse camuflar sua essência de demônio, até que chegasse a seu apartamento que tinha comprado antes de vir para a cidade, onde todos os seus pertences já se localizava. Quando o feitiço parou de ser recitado, Zariah deu-se por satisfeita, indo para o apartamento, após virar o whisky e pagar a bebida. O trajeto a fazia pensar na família, nos pais e na tia que faleceu. — Sangue além do sangue, honra através da honra. — As palavras dos El-Khalidah sussurradas por ela, apenas lhe deixava reflexiva. Sua família e seus pilares, sangue e honra. Ela era uma filha, uma amiga, uma bruxa, agora, era só a herdeira de um império, um demônio em busca de vingança por sua linhagem.

Zariah Nooreen Elisha El-Khalidah, era a criatura mais difícil de ser estudada. Entrou em seu apartamento, após chegar ao local, analisando o ambiente que o decorador tinha decorado segundo seus pedidos. Deu-se por satisfeita, pois a decoração era belíssima, requintada, mas que também acalmava, e completamente arejado com as grandes janelas. — Ah, mamãe… Você iria adorar… — Sorriu em nostalgia lembrando de sua mãe, respirando fundo, até ir para o seu quarto, onde sorriu mais, pegou seu pijama, indo para o banheiro banheiro onde tomou um banho demorado e assim que acabou, foi dormir. O cansaço da viagem acabou com Zariah. Ela poderia ser uma bruxa poderosa, mas até os seres mais poderosos, precisavam de descanso.



Atributos,

Força: 05
Agilidade: 04
Destreza: 04
Energia: 04
Resistência: 04
Inteligência: 07


Habilidades Aprimoradas,

Kemiya, Magia Negra Aprimorada, Expressão
QueenAdmin
avatar
Mensagens : 68



Ficha de Personagem
Família::
Idade::
Dinheiro: Ver perfil do usuário http://wrongplaceformylove.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Queen em Dom Maio 28, 2017 4:40 pm

devil
SOMETHING ABOUT YOU,
MAKES ME FEEL LIKE A DANGEROUS WOMAN
QueenAdmin
avatar
Mensagens : 68



Ficha de Personagem
Família::
Idade::
Dinheiro: Ver perfil do usuário http://wrongplaceformylove.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Queen em Seg Jun 05, 2017 12:04 am
the king of
her loving heart
QueenAdmin
avatar
Mensagens : 68



Ficha de Personagem
Família::
Idade::
Dinheiro: Ver perfil do usuário http://wrongplaceformylove.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Queen em Sex Jun 09, 2017 1:29 am
Enquanto a Marshall rodopiava e dançava por aí era um fato que chamava a atenção, logo parando seus movimentos indo até o bar onde pedira uma forte dose de vodka. — O mais forte possível. — Sua pronúncia calma escondia a compulsão a qual usava naquele momento e assim que recebeu, virou-a. Parecia uma criança em um grande parquinho com várias vítimas que ela poderia ter uma boa diversão, mas logo sentiu a falta de Elijah. — Sinto sua falta. — Respirou, tomando uma dose maior da vodka. — Isso é ótimo... — Respirou mentalmente e consciente de que estava em paz. O que era aquilo? Paz. Lhe era um conceito completa e real de incompreensão e dúvida, já que ela estava preocupada com o futuro

Tudo o que ela buscava naquele momento era a diversão, a paz e a simples necessidade de atenção feminina. Mulheres com desejo de atenção, exalavam fragrâncias diferenciadas e um ambiente agitado no qual ela poderia viver por anos, vendo o mais novo Original, com uma mulher em seu colo tomando o sangue da mesma, logo voltando para o centro do local, ao som de Daddy Issues do The Neighbourhood que a fazia sorrir. — Go ahead and cry little girl, nobody does it like you do, I know that you got daddy issues... — Sua movimentação a distraía de todo o mundo, quando logo sentiu o cheiro de sangue e usou de sua velocidade sobrenatural, indo até a vítima de Kol onde após sua face mudar, enfiou as presas na jugular da mesma, tomando o sangue restante a matando e a escondeu em um canto onde ninguém iria. Deixou a jaqueta que usava em cima de uma das mesmas, logo indo até o Mikaelson.

O ambiente, o cheiro do álcool lhe era até mesmo aconchegante enquanto o que ela ministrava em sua mente fora a foi negativa de um mês fora, era seus planos para uma viagem bem longa quando tudo àquilo acabasse e talvez fosse para Londres. Um lugar agradável, que parecia bem interessante. Nunca ter viajado para fora dos Estados Unidos, a deixava levemente frustrada porém isso mudaria. Era imortal, contra sua vontade. Por que não aproveitar isso? Sorriu secretamente planejando tudo o que faria na viagem, quando ouviu o chamado de Kol, rindo baixo indo em direção ao mesmo, mordendo o pescoço do homem após a transfiguração de sua face, drenando o sangue do mesmo e ao se dar por satisfeita se afastou, voltando a dançar, mas de um modo mais provocativo e sensual. Chamaria a atenção, mas por que ligar? Ela não namorava, era livre, leve e solta. Desinibida, sempre seria desse jeito. Essa era Hayley Marshall, ou Andrea Labonair.

A dança que se seguia com Kol Mikaelson a animava e a motivava cada vez mais a se divertir, enquanto uma sensação grande de sede crescia dentro de si e não saber de onde vinha, era extremamente perigoso e também frustrante porém fazer algo contra sem saber o que e como isso era causado, era um risco imenso. A mulher fechou os olhos, sentindo o cheiro de sangue, logo olhando para Kol. — Sente isso? Eu sinto uma sede insaciável e fosse capaz de matar todo mundo aqui, Kol. E eu estou com muito medo disso. Por que isso vai chamar atenção demais. E Elijah vai nos matar. — Aquilo a fez rir baixo suspirando com a nova possibilidade de retornar para um caixão, respirando profundamente e analisou ainda o ambiente sentindo o cheiro de sangue, trancando todas as portas do local para impedir fugas beneficiando da sua velocidade vampírica. — Com quem vamos começar? Aquela loira peituda ou a ruiva esquelética? — A curiosidade da Marshall tinha sido aguçada por tudo.

A seleção dos alvos, junto com a sede que a Marshall não conseguia mais conter, era o bastante. Foi até uma morena qualquer e sua face, mudou, e enfiou as presas na mulher, drenando o máximo de sangue que podia, até a matar e logo jogar o corpo vazio e ressecado além de sem sangue, olhando o Mikaelson com a boca suja de sangue. — Eu deveria parar, mas me sinto uma drogada querendo mais e mais... Ah mas nos estamos realmente ferrados... — Não resistiu ao rir mas não sem antes ir até uma outra mulher, a esquelética ruiva, onde enfiou suas presas, tomando o sangue da mesma. Onde aproveitava cada gota de sangue que poderia adquirir tendo sensações que nem mesmo o ato sexual a dava. Isso a fez rir satisfeita. Se o sexo não a conseguia satisfazer o sangue naquele momento a satisfaria o máximo que ela pudesse e merecesse sentir e a mulher iria aproveitar, e logo jogou o corpo da ruiva vazio no chão. — Sua vez. — Sádica, sorriu para Kol naquele segundo.
QueenAdmin
avatar
Mensagens : 68



Ficha de Personagem
Família::
Idade::
Dinheiro: Ver perfil do usuário http://wrongplaceformylove.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Queen em Sex Jun 16, 2017 1:45 am
TAKE CARE OF THE DARKNESS OF HIS HEART



Última edição por Queen em Qui Jun 22, 2017 1:05 am, editado 6 vez(es)
QueenAdmin
avatar
Mensagens : 68



Ficha de Personagem
Família::
Idade::
Dinheiro: Ver perfil do usuário http://wrongplaceformylove.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Queen em Sex Jun 16, 2017 2:54 pm
So, put a posy in your hair, pretend you couldn't give a care, whistle past the graveyard, even the dead deserve a song. Let the moon do what she does, he don't need to make a fuss, she don't know she shines for us, something tells me that she does, follow the signs right back to you
Acompanhada do noivo, Mazikeen andava pelas ruas do Quartier de Cristaux, após descerem do ponto de ônibus, para o café du Mond. Estavam apenas o casal ali, naquele momento que era praticamente desejado por ambos. Anos e anos de amizade, brigas e nunca se arriscando ao se entregar ao que sentia, fazia Maze suspirar e perceber o quão estúpida tinha sido, mas pensava em como seria a vida sem o homem que a guiava, ouvindo o mesmo a chamar. — Estou pensando na vida, desculpe. — Abriu um mínimo sorriso para poder mostrar a certeza do que dizia e transmitir segurança a suas palavras. Era estranho, ela tinha 38 anos, duas filhas, Arthemis e Arabella, suas gêmeas e seu orgulho, e iria se casar com quem amava. Parecia um sonho depois do pesadelo.

Assim que chegaram ao café, ela se sentou depois de ver a cadeira afastada para si, rindo. — Quantos anos fazem que não ficamos aqui em um momento só nosso e em paz? Que eu me lembre, eu tinha 15. — Sorriu minimamente chamando um dos garçons do local, pedindo uma grande xícara de café adoçado, porém não demais e um grande pedaço de torta de limão. — Fique horas em um escritório e você vai ficar com fome, Adam. Sabe que nunca como nada que vendem no Ministério, eu só como o que trago pronto, mas hoje eu esqueci. — Admitiu, e sabia que o homem ficaria bravo, mas decidiu ignorar a bronca, com uma frase. — Culpa sua eu esquecer, me apressou. — E se endireitou no assento, esperando o que seria seu café da manhã.

— Eu sei que não quer ouvir isso, mas… — Ela fez uma pausa. — Estamos com uma crise imensa não só na França, mas na Inglaterra e nos Estados Unidos, conversei com Maryska recentemente e não foi fácil, e não foi agradável sabe que cancelar o Torneio Tribruxo não era o que queríamos, mas com a morte de Veronika Leslie Grant e de Ravenna, não tínhamos opção, o desaparecimento de Fiona também não foi ideal. Não é seguro isso. E você queria manter o Torneio, me explique por quê? — Respirou fundo, cruzando os braços o olhando. — E não me venha com isso de ‘Tempos de crise precisamos de esperança’. Eu sei disso. — Ela estava realmente curiosa.

— Você é quem mais confio no Ministério, Adam, e eu não posso confiar em ninguém lá, porque muitos dariam dinheiro para me ver morta e ficarem com meu emprego. E por isso, eu preciso que seja sincero. Em mais de 30 anos, você nunca mentiu para mim e espero que nunca minta. — A expectativa que Mazikeen tinha com aquele homem era imensa e se ele a decepcionasse sem dúvida a francesa ficaria devastada. Ela poderia pedir para qualquer um mentir. Mas dele ela esperava verdades. — A crise está apenas no começo, Adam… — Sussurrou, respirando fundo, mantendo o olhar nele. E Mazikeen estava se armando para que ela pudesse enfrentar tudo o que viesse a frente na imensa expectativa de que não precisaria fazer nada sozinha, pois sozinha ela sabia que iria fracassar em vários pontos.
QueenAdmin
avatar
Mensagens : 68



Ficha de Personagem
Família::
Idade::
Dinheiro: Ver perfil do usuário http://wrongplaceformylove.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Queen em Sex Jun 16, 2017 7:13 pm
 

principal information;

full name; Gwendolyn Victoria Elhert von Mühlen Kösky Shelaev;
birth date; vinte e cinco de outubro de mil novecentos e noventa e nove;
born in; Little Hangleton, Inglaterra;
age; 17 anos;
sign; Escorpião;
hometown; Nova Orleans, Louisiana;
lies in; casa dos Heatherton;
ascendance; brasileira, espanhola, francesa, israelense, alemã, árabe, inglesa nativo americana;
mother and father Zsadist (Falecido) & Nyx;
cousins; Rhaenna;
another parents; tia;
friends;everyone;
relationship; solteira;
sexual orientation; heterossexual;
abilities; none;



wizards data;

blood; sangue-puro;
pactronum; ainda tem que descobrir -q;
bogeyman; desapontar sua mãe;
amortentia; flores, mousse de maracujá, cheiro de grama recém cortada, chocolate derretido, chá de morango;
wand; uma varinha de carvalho inglês, 36 cm, flexível, núcleo de fibra de coração de dragão;
broom; nimbus 2015;
pet; um gato persa preto de olho azul, Thor, uma cobra naja Würsten, um cão da raça golden retriever Beau;



appearance;

hair; pretos, longo e cacheado;
skin color; morena;
eye color; muito expressivos, de um tom castanho escuro, quase preto;
height; 1,59 metros;
weight; 54kg;



academic data;


school; Ilvermorny School of Witchcraft;
house; Thunderbird;
year; sétimo amo;
quidditch; ex-batedora do time de sua casa;
occupation; capitã das líderes de torcida e monitora da Thunderbird.





facts;


~ Seu espelho de Ojesed é um dia, assumir o posto de sua mãe.
~ Tirando sua prima e sua tia, ninguém sabe da existência da garota.
~ Por ser filha da atual lady das trevas e única fraqueza de Nyx, foi enviada para Nov Orleans com uma família de comensais
~ Nunca está sozinha, sempre tem um comensal confiável de sua mãe consigo ne escola
~ É a lider de torcida mais conhecida atualmente na escola.
~ Saiu da equipe de Quadribol após acertar a Goles na diretora da escola por acidente e quebrar o nariz dela.
~ Gwendolyn tem um único ressentimento de não poder ter convivido mais com o pai.
~ Fluente em francês, grego, grego antigo, italiano, búlgaro, russo, mandarim, japonês, latim e alemão.
~ Tem uma coleção das mais variadas armas trouxas, desde acros, bestas, espadas e chicotes a diante.
~ Seus hobbys incluem literatura, desenho, música, fotografia e adora ver series, principalmente Doctor Who e The Tudors.


Última edição por Queen em Qua Jun 21, 2017 1:18 pm, editado 7 vez(es)
QueenAdmin
avatar
Mensagens : 68



Ficha de Personagem
Família::
Idade::
Dinheiro: Ver perfil do usuário http://wrongplaceformylove.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Queen em Sab Jun 17, 2017 9:09 pm
A KING WITH A QUEEN IS STRONG

QueenAdmin
avatar
Mensagens : 68



Ficha de Personagem
Família::
Idade::
Dinheiro: Ver perfil do usuário http://wrongplaceformylove.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Queen em Sab Jun 17, 2017 11:22 pm
 

principal information;

full name; Artemis Katherine Makenna Drescher Habsburg Duchannes Thénardier;
birth date; trinta e um de outubro de dois mil;
born in; St. Marie, Versalhes, França;
age; 16 anos;
Sign; Escorpião;
hometown; Paris ,França;
lies in; casa dos Thénardier;
ascendance; francesa, israelense, alemã, árabe, inglesa nativo americama;
mother and father Mazikeen Duchannes Thénardier &Arthur Duchannes Beauchamp (rip);
siblings; Arabella Duchannes Thénardier ;
stepfather; Adam Chamberlain McCain;
another parents; primos, meio irmãs, tia;
friends;everyone;
relationship; namoramdor;
sexual orientation; heterossexual;
abilities; none;


wizards data;

blood; sangue-puro;
pactronum; ainda tem que descobrir -q;
bogeyman; morte de quem ama;
amortentia; flores, mousse de maracujá, cheiro de grama recém cortada, chocolate derretido, chá de morango;
wand; uma varinha de freixo, 14 cm, meio maleável, fibra de coração de dragão.;
broom; nimbus 2015;
pet; um gato persa branco de olho azul, Thor e um gato siamês, Fenrir;



appearance;

hair; castanho escuro, para o chocolate, cacheado, as vezes fica liso, as vezes longo ou curto;
skin color; branca;
eye color; muito expressivos, de um tom castanho escuro, quase preto;
height; 1,70 metros;
weight; 68kg;



academic data;


school; Academia de Magia e Bruxaria de Beauxbatons;
house; Juste;
year; formada;
quidditch; capitã/goleira;
occupation; ministra da magia na França.





facts;


~ Seu espelho de Ojesed é uma casa no campo com suas filhas.
~ Matou seu ex marido e só o atual noivo sabe.
~ Ama comida italiana.
~ Morre de medo de altura.
~ É alérgica a cachorros.
~ É faixa preta em karatê.
~ Foi vencedora do Torneio Tribruxo.
~ Fluente em italiano, búlgaro, russo, mandarim, japonês, latim e alemão.
~ Tem uma certa paranóia, que não consegue sair sozinha, pois fica nervosa e para no portão, só gosta de sair acompanhada.
~ Seus hobbys incluem literatura, desenho, música, fotografia e adora ver series, principalmente Doctor Who e The Tudors.
[/quote]
QueenAdmin
avatar
Mensagens : 68



Ficha de Personagem
Família::
Idade::
Dinheiro: Ver perfil do usuário http://wrongplaceformylove.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Queen em Sex Jun 23, 2017 1:25 pm
A sensação de sempre ser seguida, deixava Cassie nervosa e ser filha de um grande ministerial francês que se casaria com a Ministra, não a encorajava a ficar segura. Jogar nas Holeyhead Harpies lhe era uma imensa distração porém a falta de jogos a entediava e considerava seriamente em pedir para sua prima trabalho em Beauxbatons, dando aulas de vôo ou de Etiqueta. Mas queria pensar bem. Quadribol era sua paixão e abrir mão sem nem pensar a destruiria muito e ela se conhecia. Se fizesse errado a escolha se arrependeria pelo resto da vida. Desde que foi salva por um homem após um assalto, o contato de ambos e conversas, eram frequentes e Cassie odiava a imensa atração, não apenas do tipo sexual que existia pelo o simples fato do salvador ser um auror. Que os Ancestrais a acudissem.

Claro que ela sabia dos problemas seculares de sua família com os Aurores porém ela não ligava, fazia anos, nem todo auror era o mesmo. Sua formação em Beauxbatons, pela a Juste deixava com uma visão diferente do mundo. Seu pai sem dúvida não sabia que ela saia com um dos aurores do departamento dele e não poderia saber, caso o contrário, ela estaria morta. Os cabelos escuros da McCain foram penteados e ela passou o batom, logo guardando-o na bolsa e calçou os sapatos pondo também a máscara de cílios na bolsa. Iria para a boate do Château Adulte com algumas amigas e com sorte, poderia fazer sua mente esquecer o bom auror que rondava a perturbada e complicada jovem mente de 19 anos de Cassandra Makenna Hohenzollern Schreave Chamberlain McCain. Toda a instabilidade da garota, poderia ser fatal para alguns ou não haveria nada.

Depois de aparatar para o Château, Cassie se sentia mais livre, mais solta e andou direto para a boate, onde tirou o casaco, pondo na bolsa que continha o feitiço indetectável de extensão, e deixou a bolsa numa mesa. Dançava ao som de I Got You, de Bebê Rehxa com suas amigas, enquanto movia o corpo, pedindo uma grande dose de tequila e limão, virando a bebida e chupando o limão em seguida, rindo. Era divertido aquilo, mas ela no seu principal objetivo de transferir a mente para qualquer coisa, menos o autor, fracassava violentamente e com força, o que só piorou quando o viu entrar. — Merda. — Sussurrou para si mesma e quando questionada pela a amiga, apontou o homem depois de dizer um ‘É ele’. O que a deixou mais apavorada, foi a aproximação e ser puxada para dançar. Seu rosto queimava se tocassem, qualquer um poderia jurar. Além da fortíssima tensão sexual existente, ela estava apavorada caso seu pai descobrisse. Mas o que é a vida sem riscos?

Enquanto dançavam, ao som de Animals, do Maroon ela 5, ela se sentia uma presa e sentia a figura masculina de Thomas cujos braços estavam sobre seu quadril naquele momento a puxando para mais perto dele, um caçador incomparável e se sentia fraca. Cassandra odiava se sentir fraca, lhe dava pesadelos e se lembrava do ataque que sofrera. — Que porra está fazendo aqui, Thomas? — O olhar raivoso e odioso que tinha escondia toda a alegria, o anseio e a necessidade que tinha daquela presença. O cheiro da colônia masculina a impregnava e ao sentir os sentidos em êxtase porém ainda os escondendo, fechou os olhos e inalou mais da colônia. Decidida, puxou o maior para fora da boate enquanto ouvia alguns gritos de ‘Safada hein’. Porém, pegara seus pertences antes de sair. Aquele homem seria seu fim, seu pesadelo e seu começo de talvez um relacionamento complicado e longo.

A suíte, era bonita e completamente escura, claro, exceto a lareira, junto ao anseio de que ele a tivesse, talvez a deixasse mais excitada que nunca, porém Cassie não poderia esquecer. Tinha de saber que diabos Thomas fazia ali e o que ele queria. Tirou seu salto alto, guardando a bolsa em cima do criado mudo. — Se tentar transar comigo agora sem responder minha pergunta, eu chuto seu saco e começo a gritar. Eu sou filha de Ministerial respeitado e conhecido sabe disso e meu pai te mataria. — Respirou fundo e fechou os olhos, antes que pudesse encarar novamente os olhos claros que eram sua perdição e ruína daquele homem que era mais velho que si, mas apenas 5 anos. — O que faz aqui, Thomas? Por que está aqui? O que quer aqui, fora o fato de transar comigo. — Ela queria suas respostas. O sexo e sua excitação teriam de esperar um pouco.

you have my heart, and we'll never be world apart, maybe in magazines, but you'll still be my star;
at the château adulte . wearing this 
QueenAdmin
avatar
Mensagens : 68



Ficha de Personagem
Família::
Idade::
Dinheiro: Ver perfil do usuário http://wrongplaceformylove.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Queen em Sab Jun 24, 2017 3:40 pm
running out the breathe but i got stamina
running out i close my eyes i got stamina
Gwendolyn amava Nova Orleans e isso era fato, mas aquela cidade não era seu lar, seu lar era Little Hangleton, ao lado da mãe, na Inglaterra porém ela não podia ficar perto da mãe, sabia dos riscos. Naquele momento, ela estava na Comunal da Thunderbird, com três dos comensais de sua mãe, que confiava. Não cegamente já que não era idiota. Não tinha nenhum Bourbon por perto. A mãe poderia confiar neles mas não quer dizer que ela confiava. Cheryl até poderia ser uma Bourbon e sua melhor amiga, mas se a ruiva fracassasse com ela, não ligava se precisava do dinheiro dos comensais franceses, mataria até o último deles. Para extinguir aquela linhagem patética do mundo. Ela tinha seus planos formados para a hora própria dela assumir o lugar d mãe, exibindo um sorriso cruel. Thomas, um comensal infiltrado no Ministério Francês, chamou a atenção da Shelaev.

Todo arrumado, não está fedendo suor e seu cabelo não está bagunçado. Vai encontrar uma mulher é? — Ela riu com Lancelot, o outro comensal que estava lá, até ele se levantar, beijar o topo da cabeça de Gwen, cumprimentar os comensais e sair mas não sem a morena gritar. — Se vir minha mãe diga que a amo! — A morena respirou fundo começando a vestir sua fantasia de Minnie Mouse, um desenho trouxa. Colocou a meia calça, o salto alto e a tiara com as orelhas. Quando foi por o vestido, andou até o auror para que o fechasse e colocou o cinto de couro com o fecho do laço. — Como estou? — Ao ouvir os elogios apropriados olhou os comensais. — Mathias você vai comigo, sabemos o por que. Thomas, que a garota que esteja saindo saiba o bom partido que é e que ela valha a pena se não eu a mato e me espere na entrada. — Ao ver que as ordens da jovem foram compreendidas, a bruxa apenas foi finalizar a maquiagem e guardou um batom no decote antes de sair do quarto.

Era fato que Gwen não queria ir para a festa em Hogwarts, mas se fez ir ao saber que sua mãe iria e poderia matar a saudade da mãe que odiava ficar tanto tempo sem ver. Indo para o portal que a levaria para a Inglaterra, a bruxa segurava a mão de Mathias, seu servo comensal. Ela olhou o portal e viu que de cabeça baixa, sem chamar a atenção, Thomas passava ali o que a fez rir baixo. — Idiotas... — Suas “minions”, alunas claro de sangue puro e líderes de torcida logo se aproximaram o que fez a bruxa sorrir falso. Andava com calma, pelo corredor até atravessarem o portal. A escola de magia e bruxaria de Hogwarts não era grande coisa. Quem sabe sua mãe não a deixasse explodir algo daquela espelunca? Gwendolyn queria mesmo ter ido para Beauxbatons, por considerar fascinante, mesmo que não ensinasse Artes das Trevas, como Durmstrang. Sabia que segundo os relatos de seu amigo comensal, o ensino de Durmstrang daquela arte era patético segundo seu alto nível.

A Shelaev se soltou de Mathias e logo viu Thomas em sua impecável fantasia de Caçador das Sombras, de seu livro favorito, Instrumentos Mortais, que ela tinha sugerido, se sentiu orgulhosa, enquanto entravam no salão. — Dá para o gasto. — Deu de ombros, vendo ali pessoas famosas. A coordenadora de Hogwarts, a Ministra britânica, a ministra francesa e seu noivo junto de uma garota morena que parecia ter uns 19 anos e com uma roupa parecida similar ao do acompanhante, a diretora da escola que a fascinava, Beauxbatons e o marido da mulher, se sentindo maravilhada. Gwendolyn Kösky Shelaev estava em casa.  Soltou um suspiro vendo que seu acompanhante olhava a garota morena perto da Ministra francesa. — Meu Merlin, Thomas, você gosta da filha do noivo da Ministra francesa? Sua missão está indo bem! Vai lá. — Gwen empurrou o amigo e começou a andar ao redor, e parou, ao ver Lancelot e mais 4 pessoas, paralisada ali, ao ver a mãe. — Mamãe. — Sussurrou para si mesma feliz.

Logo, as pernas da bruxa começaram a se mover com calma, já que por dentro, estava completamente ansiosa, até o grupo das pessoas recém chegadas. A menor cumprimentou a todos com um aceno de cabeça, exceto Lancelot a qual abraçou, e dirigiu seu olhar para sua mãe. — Oi mamãe... — Gwendolyn não choraria. Ela era forte, ela era filha de Nyx e Zsadist e não poderia parecer fraca, não na frente de todos. Fechou seus olhos abraçando sua mãe, e logo deixou a proximidade dos corpos cessarem, deixando que sua mão direita fosse segurada pela a mãe. — Você está planejando algo. Eu conheço seu olhar, eu tenho um desses quando quero explodir algo na escola ou atormentar alguém, até me divirto com os trouxas lá. Posso ajudar? O que vai fazer? — Ela pedia com os olhos brilhando para a mãe.


with: her beloved mother and servents at hogwart ball || wearing this
BY MITZI
QueenAdmin
avatar
Mensagens : 68



Ficha de Personagem
Família::
Idade::
Dinheiro: Ver perfil do usuário http://wrongplaceformylove.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum